18 de dez de 2008

Ojeriza

Mamãe conversa com o Pelelê por telefone.

Empolgado, ele pede para colocar no 'caderninho de boas ações' que comeu tudo no almoço.

- Mamãe, eu não deixei nada no prato! Nada mesmo. Mamãe, até carne eu comi!

(silêncio)

- Mamãe, eu olhei, fiquei com um pouco de medo, mas comi, viu?

17 de dez de 2008

Catástrofe

Mamãe assiste a um documentário sobre cometas e afins enquanto o Pelelê passeia pela sala.

De repente, ele fala:

_ Se o cometa bater na terra, vai partir ao meio, né?

- Sim, filho.

- Então, vão ficar duas metades. Hum, como a gente vai fazer para chegar na casa de tia Marta*?



* Tia Marta é um anjo abençoado com um berçário maravilhoso... Lá do outro lado do mundo, como bem diz o Pelelê.